Editores pedem liberdade de imprensa na internet


13/06/2003

Responsáveis pela publicação de jornais em todo o mundo pediram que as autoridades que se prepararam para a Cúpula Mundial para a Sociedade da Informação garantam que a liberdade de imprensa na internet tenha proteção, e rejeitem as tentativas, por parte de regimes repressores, para a criação de novas regras e controles.

A direção da Associação Mundial de Jornais, juntamente com a diretoria do Fórum Mundial de Editores, manifestaram preocupação com conceitos de regulamentação da informação e de restrição ao livre fluxo de notícias, que parecem estar emergindo nas reuniões preparatórias para a Cúpula, convocada pela ONU para criar políticas com a finalidade de levar os benefícios da tecnologia da informação aos povos mais pobres.

Em resolução aprovada pelo Congresso Mundial de Jornais e Fórum Mundial de Editores, que reuniu de 1.200 executivos do setor em Dublin, Irlanda, os editores e responsáveis por empresas jornalísticas pediram que a Cúpula organizada pela ONU reafirme a aplicação, na internet, do Artigo 19 da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que afirma que “todos têm o direito de opinião e de expressão; este direito inclui a liberdade de manter opiniões sem interferência e de buscar, receber e comunicar informação e idéias através de quaisquer meios, e independentemente de fronteiras”.

As informações são do Estadão

Fonte:Equipe Portal VIAVALE/Gazeta

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.