DoubleClick acusada de enganar internautas


29/07/2003

O promotor público Stanley Ference, da Pensilvânia, abriu uma ação de classe contra a empresa de marketing online DoubleClick, acusando-a de criar falsos banners na web para levar internautas aos sites de seus clientes.

A ação, aberta no dia 11, diz que a DoubleClick publica banners que imitam as caixas de mensagem usadas por programas da Microsoft, como os avisos de sistema ou de chegada de novos e-mails. Quando clicam nestes banners, os internautas são levados aos sites de diversas empresas ou lojas virtuais, e não para onde pensavam estar indo. Quem costuma navegar em sites internacionais já deve ter visto este tipo de banner, que chega até a ser comum.

Segundo o Pittsburgh Business Times, um recente exemplo destas propagandas enganosas da DoubleClick levava os internautas para um site que vende pacotes turísticos. Os banners são tão semelhantes às caixas de mensagem da Microsoft que trazem a barrinha azul e os botões de OK e para minimizar, aumentar ou fechar a janela. Mas, clicando em qualquer um destes botões, o internauta é levado para um site comercial.

O processo de Ference representa centenas de usuários americanos que já reclamavam das práticas da DoubleClick. Depois de abri-lo, o promotor recebeu mais centenas de e-mails de internautas apoiando a iniciativa. O promotor pede que a empresa pague 500 dólares por usuário enganado, mais cinco dólares por banner enganoso publicado.

Renata Mesquita, do Plantão INFO

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.