Crianças do Brasil são terceiras em acesso à Web


05/11

Segundo pesquisa do Ibope realizada em agosto, as crianças brasileiras com idades entre dois e 11 anos, utilizaram a Web em média três horas e 15 minutos a mais no mês mencionado. O número representa um crescimento de cerca de 22% em relação ao mesmo período em 2001. A pesquisa inclui somente as crianças que navegaram sozinhas sem a ajuda ou orientação de um adulto, pois incluindo a participação ou orientação de adultos, o crescimento no acesso é significativamente maior.

Outro dado importante é a classificação do Brasil no ranking mundial. As crianças brasileiras só perdem em tempo de navegação na Internet para as americanas e as japonesas. Se formos contar com o acesso feito nas escolas, muito mais generalizado nos países mais desenvolvidos, o número brasileiro ainda é pequeno, embora não deixe de ser interessante que, em termos de acesso doméstico, as crianças brasileiras utilizem a Internet mais intensamente que as européias. Principalmente, em praças como a França e a Suécia, que são líderes mundiais na disseminação da rede e onde os sistemas on line estão presentes desde o início da década de 90.

Quem mais atrai a atenção desse público são os grandes portais, mas existem algumas páginas que também têm uma grande afinidade com esse público, a exemplo do CartoonNetwork e dos sítios de esportes. A penetração desse público na Web é cada vez maior, por isso muitas empresas estão se voltando para a necessidade dos anunciantes descobrirem uma maneira de integrarem a net na sua estratégia de mídia de forma mais eficaz.

Para a geração que nasceu a partir do final dos anos 80, a Internet não se trata de uma “nova mídia”, mas de uma mídia como qualquer outra, como o rádio, a televisão e o jornal foram para seus pais.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.