Comprova-com aposta na validação eletrônica


27/11/2004

A Certificação Digital, o Brasil já dispõe de uma legislação avançada e de um orgão regulador competente, o ITI (autarquia federal vinculada à Casa Civil da Presidência da República). A ICP-BRASIL (um conjunto de leis e regulamentações sobre a certificação digital) estabelece um lastro jurídico seguro ao equiparar um documento eletrônico assinado digitalmente a um documento em papel “assinado à caneta”. Existe também uma legislação para a certificação da hora legal brasileira, fundamental na comprovação de transações eletrônicas, que é de responsabilidade do Observatório Nacional (orgão do Ministério da Ciência e Tecnologia).

O Comprova.com fechou uma parceria com a Camara-e.net com objetivo de difundir a necessidade e os benefícios de validar transações e documentos através da internet, contribuindo para o fortalecimento da web como ferramenta segura de negócios.

O objetivo da Comprova.Com é a “Comprovação legal de Transações Eletrônicas” em todos os níveis. Desde o mais complexo “workflow” para gerenciamento e assinatura digital de contratos com registro eletrônico em Cartório, até o simples registro de um email. Buscamos a simplicidade de uso em nossas soluções. Por exemplo, para se ter uma mensagem de email “comprovada”, basta que o usuário acrescente .comprova.com ao final do email do destinatário (ex: nomedominio.com.br.comprova.com). A mensagem recebe um selo cronológico certificado pelo Observatório Nacional, e fica arquivada pelo período de 1 ano para consulta pelas partes. O usuário tem a comprovação legal do envio, recebimento, leitura e conteúdo do email, mesmo que não possua um certificado digital próprio. Ou seja, para as mensagens mais importantes, acaba aquela história de “não recebi o email” ou “não foi isso o que combinamos…”. Com a comprovação de transações eletrônicas, a Internet pode ser levada mais a sério.

Site relacionado: www.comprova.com

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.