Compre no exterior usando a Internet

18/01/2008

São Paulo, 16 (AE) – Com o real valendo bem em relação ao dólar, muita gente está aproveitando a vantagem cambial e comprando em lojas online do exterior. Os preços, muito menores que os praticados no Brasil, são extremamente sedutores.

Produtos dificílimos – ou muitas vezes impossíveis – de se encontrar nas lojas tupiniquins podem ser encontrados com relativa tranqüilidade nos sites estrangeiros. Mário Nagano, editor de testes do blog de tecnologia Zumo (www.zumo.com.br), é um dos entusiastas das compras no exterior. Ele compra lá fora há vários anos. Antes da internet dominar, ele comprava quadrinhos americanos usando o velho catálogo postal. Foi dessa época "heróica" que ele conseguiu os conhecimentos que permitem que hoje ele compre com segurança.

Escolado, ele aconselha aos novatos cautela: "Quando alguém quer comprar um produto no exterior, precisa se perguntar qual a motivação para comprar esse produto. Coisas que você não encontra no Brasil, coisas que você quer ter antes de todo mundo e coisas que nunca vão chegar no Brasil são o principal atrativo", conta ele, que coleciona miniaturas de personagens de animações japonesas, livros, quadrinhos e filmes raríssimos.

O preço também é um grande incentivo para apelar às compras no exterior. Jogos para videogame normalmente custam consideravelmente menos fora do Brasil. Foi com o intuito de fugir da pirataria sem estourar a conta no banco que o Analista de informações Anderson Barbosa começou a comprar no exterior. Como não abria mão de jogar os lançamentos, ele se valeu dos sites internacionais.

Ele lembra que alguns preparativos são fundamentais: "primeiro é preciso conseguir um cartão de credito internacional… Nunca dei muita importância para isso, mas sem um cartão não tem jeito", afirma. Mesmo com os impostos, ele acha bom negócio comprar jogos no exterior.

Anderson reuniu suas experiências de compra em um enorme documento, que é compartilhado com quem quiser se aventurar nas compras online. Além de disponibilizá-lo em fóruns pela web, ele colocou as informações em seu site pessoal, http://andersonvbgames.spaces.live.com. "Eu coloquei as informações lá para que o pessoal perca um pouco o medo de comprar lá fora", conta.

Os sites de leilões virtuais internacionais
Apesar de oferecerem negócios muito atraentes, os sites de leilões virtuais, como o eBay, o mais famoso do gênero, não são a melhor opção para os primeiros passos nas compras internacionais. Além de oferecerem um risco muito maior que os grandes sites de compras, os leilões virtuais tem uma série de impedimentos que podem atrapalhar os compradores de primeira viagem.

O vendedor precisa concordar em mandar o produto para o Brasil por um preço aceitável e, ainda assim, aceitar o pagamento por PayPal, um sistema que repassa o dinheiro de forma segura.

Por Jocelyn Auricchio – AGÊNCIA ESTADO

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.