Compras online com cartão de débito Visa Electron


26/02/2004

A administradora de cartões Visa promete facilitar a vida dos internautas que acham arriscado ou não têm paciência para fazer compras na Rede, com o lançamento de um novo sistema de compras online. À partir de março, o usuário também poderá usar seu cartão Electron para o comércio eletrônico.

A Visa é a maior empresa de meios de pagamento eletrônico do mundo. Somente no ano passado, mais de 1 bilhão de transações foram feitas com seus cartões. Mas, o crescimento das compras online é tímido.

– De acordo com nossas pesquisas, 36% dos clientes têm receio de comprar pela internet – diz Fernando Castejon , 44 anos, vice-presidente de Produtos da Visa.

Segundo o executivo, o novo sistema de pagamentos Verified by Visa tornará as compras mais seguras. Nele, o usuário será autenticado pelo banco e as lojas participantes não terão acesso à senha do cliente. E, pela primeira vez nas compras online, será possível utilizar o Visa Electron, cartão com tarja magnética e débito automático na conta corrente do consumidor. As autorizações de transação são feitas com o fornecimento de uma senha.

Quando o cliente quiser comprar com o Electron nas lojas cadastradas (ainda não divulgadas) clicará no ícone no fim da página e digitará os seis primeiros números do cartão. Assim, ele será direcionado para a página do banco correspondente. A identificação será feita no site do banco, que poderá pedir senhas ou outros dados pessoais, e assim autorizar, ou não, a compra.

– Dessa maneira, além de oferecer mais segurança para o cliente, evitamos a ‘autofraude’, quando o cliente alega que não fez determinada compra e pede ressarcimento – conta Castejon.

O novo sistema será uma boa opção para quem quer fugir do boleto bancário ou cheque.

– O cliente não precisará memorizar senhas extras ou preencher folhas de cadastro. E vai poder comprar de maneira rápida e segura – garantiu o vice-presidente.

Vivian Rangel

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.