Mais da metade dos paulistanos fazem compras na internet

Compras na internet viram mania no Brasil.

A cidade de São Paulo é mesmo um Brasil dentro do Brasil. É um polo de negócios com características econômicas muito diferentes do resto do país. Essa realidade acaba se refletindo também no mundo online. O alto poder aquisitivo e a ritmo de vida dos cidadãos de São Paulo são fatores que transformaram a internet na principal ferramenta de compra.

O e-commerce já atinge mais da metade dos paulistanos. Segundo a 4° Pesquisa sobre o Comportamento dos Usuários da Internet, realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), 62,71% dos paulistanos têm o hábito de realizar compras na internet. Um crescimento de 11,21 pontos porcentuais (p.p.) em relação a 2011.

A praticidade continua sendo o principal atrativo para a realização de compras na internet. 39,27% dos paulistanos afirmou ser esta a principal razão para realizar compras na rede. Preço e confiança na empresa são o segundo e o terceiro motivos que mais atraem consumidores para os sites de compras: 25,12% dos paulistanos compram na internet por causa do preço e 16,38% consideram a confiança o principal motivador.

A variedade de produtos, inclusive com alguns importados sendo vendidos para o mercado nacional somente pela internet, e o marketing foram as razões que mais ganharam espaço em relação à pesquisa anterior, sendo mencionadas por, respectivamente, 11,13% e 5,56% dos paulistanos.

O Marketing na Internet

Marketing em redes sociais

A maior parte dos internautas participa de redes sociais. Em São Paulo também, é claro. A pesquisa da Fecomércio apontou que 87,94% dos internautas da capital paulista fazem parte de ao menos uma dessas redes e 25,17% deles afirmam realizar compras por meio delas. Entre aqueles que não realizam compras pelas redes sociais, 18,79% se mostraram propensos a aderir a esta forma de comércio. Outro dado importante revelado na pesquisa é que informações e indicações nas mídias sociais influenciam as decisões de compra (seja online ou não) de 48,64% dos internautas.

A rede social mais utilizada é o Facebook que atinge 90,02% dos paulistanos que acessam as redes sociais e o Twitter é usado por 30,95% dos internautas.

Marketing para E-Commerce

Ações de marketing focadas em resultados também são imprescindíveis para as lojas virtuais. Busca orgânica ou patrocinada (como o Google Adwords, por exemplo), comparadores de preço, sites de compras coletivas e sistemas de afiliados são formatos de publicidade online que oferecem garantia de resultados e são muito indicados para sites de vendas online ampliarem seu público e conquistarem mais clientes.

Ou seja, a internet é um veículo de negócios e marketing muito importante para qualquer tipo de empresa, principalmente para aquelas que vendem no varejo porque têm a possibilidade de atrair consumidores de qualquer região do país e do mundo. Atuar nas redes sociais, para empresas desse segmento, já não se trata mais de uma opção. Já é uma obrigação.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *