Como faturar mais pela internet No ratings yet.

Por Kátia Simões e Viviane Maia

Enquanto você não chega lá, talvez valha a pena saber quem é o consumidor típico da internet no Brasil. De acordo com uma pesquisa divulgada pelo E-bit, 71% dos brasileiros que compram na internet têm entre 25 e 49 anos de idade, dispõem de uma renda média mensal de 3.900 reais e são predominantemente do sexo masculino – os homens respondem por 60% das vendas.

Agora, nada disso vai levar a sua empresa ao sucesso na rede se você não estimular o público a navegar no seu site e transformar a visita em venda. A publicidade online ainda é uma opção barata e todos os empreendedores que alcançaram algum sucesso em suas vendas na internet, como os que mostramos nas próximas páginas, procuram se destacar em meio à multidão. A Sack’s, que atua na área de perfumaria, por exemplo, informa que investe cerca de 15% de todo o seu faturamento na rede em publicidade online. ‘Não dá para ficar sem anunciar’, diz Romero Rodrigues, presidente do BuscaPé, site de comparação de preços. ‘Não investir em divulgação da loja online é pior do que ter uma loja física num ponto micado.’

As formas mais comuns de divulgação são os banners, espécie de outdoor virtual que leva o usuário ao site do anunciante por meio de um clique, a presença em shoppings virtuais, que reúnem várias lojas num único endereço, destaque nas listas de resultados de sites de busca, como Google, Yahoo!, MSN, Cadê? e envio de e-mails promocionais. Segundo Rodrigues, cada dólar gasto na internet gera negócios de 7 dólares no mundo real concretizados a partir de informações obtidas na rede.

De acordo com os especialistas, a forma mais simples e eficiente de aparecer com destaque nos sites de busca é por meio dos chamados links patrocinados nos sites de busca. Desta forma, você poderá aparecer sempre no topo da lista das palavras-chave de seu interesse. Os preços variam de acordo com as palavras-chave nas quais você deseja se destacar ou conforme o número de acessos à sua página por meio do link patrocinado. Você paga um valor antecipado, correspondente a um determinado número de cliques.

Cada acesso custa, em média, 15 centavos. ‘É como um cartão pré-pago, cujo saldo diminui a cada clique no link’ diz Agenor de Castro, diretor de marketing da Overture, braço do Yahoo!, que comercializa publicidade nos sites de busca.’Ao contrário de outras formas de publicidade, você não paga para exibir o seu nome, mas apenas quando o consumidor clicar realmente no seu link.’

A chamada e-mala, nome de batismo da mala-direta digital, além de servir como uma forma superbarata de divulgação da sua empresa, também pode funcionar como um bom canal de fidelização da clientela. Se você ainda não tiver o seu próprio banco de dados, poderá comprar listas comercializadas no mercado. Em geral, elas são organizadas de acordo com o perfil de internauta que mais lhe interessa. Os preços variam entre 1.000 e 1.500 reais a cada mil nomes.

Por tudo isso, não faz muito sentido você deixar de aproveitar a oportunidade de aumentar as suas vendas por meio da internet. É barato, é simples, é eficiente. Com certeza, se você fizer a coisa com os pés no chão, os resultados não tardarão a aparecer.

Continue lendo esta reportagem no site Pequenas Empresas, Grandes Negócios.

Please rate this

 
1 responder
  1. Ganhar dinheiro
    Ganhar dinheiro says:

    Ótimo post!

    O que fiz para ganhar mais dinheiro na internet foi montar uma fan page do facebook e inserir propagandas no facebook ADS.

    Essa estratégia me proporciona bons resultados.

    Abraços!

     
    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *