Comércio eletrônico se consolida como opção eficaz para compras

09/01/2009

Com crescimento de 30% em relação a 2007, o comércio eletrônico brasileiro encerrou 2008 com faturamento de R$ 8,2 bilhões, segundo número da e-bit. O relatório aponta também que o tíquete médio no período foi de R$ 328,00.
   
Confirmando a expectativa de crescimento do segmento do comércio eletrônico para as compras de final de ano, o portal e- bit divulgou um balanço no faturamento das lojas virtuais no período de 15 de novembro a 23 de dezembro, que verifica um aumento de 15% no faturamento em relação ao mesmo período de 2007.

O e – bit também ressaltou segundo dados da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) que apesar da crise econômica, o comércio eletrônico brasileiro teve um crescimento relevante comparado aos shopping centers que cresceram apenas 3,5%.

Segundo Reinaldo Martins, coordenador de marketing da Tray Sistemas, o crescimento das vendas de Natal está diretamente ligado ao aumento do numero de empresários interessados em adquirir uma loja virtual com a finalidade de ampliar seus negócios. "Muitos lojistas estão diversificando seus negócios e investindo no comércio eletrônico, a loja virtual, possibilita um custo operacional muito mais baixo do que uma loja física, além de proporcionar maior comodidade e opções de escolha, o que acaba atraindo mais clientes".

Para Alessandra Sentanin da RsDiscus, sua loja virtual sempre apresentou um faturamento maior que a loja física. Trabalhando há mais de quatro anos com o comércio eletrônico, a proprietária comenta que sua loja na web, duplicou o faturamento nesse final de ano, se comparado ao mesmo período de 2007. "A internet possibilita que você venda para todo Brasil, 24 horas por dia, sem a necessidade de ter uma equipe trabalhando fisicamente durante essas 24 horas".

Esse crescimento acelerado do comércio eletrônico se dá pela facilidade ao acesso dos brasileiros a internet nesses últimos anos. Com a queda nos preços dos produtos eletrônicos e com a popularização do cartão de crédito entre as classes C e D, a internet, torna-se uma opção garantida de compra, por ser mais rápida e apresentar além de inúmeras condições de pagamento, preços mais competitivos.

Para Martins, é importante que as pessoas tenham a consciência que a internet é uma nova opção para as compras. "O atrativo de comprar pela internet é que você não precisa se deslocar para achar algo que esteja procurando. Além disso, pesquisando em sites conhecidos, você tem maior variedade de preços e produtos com meios confiáveis de pagamentos", conclui.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.