Comdex: tecnologias em desfile


18/08/2003

O mundo da conectividade com extrema performance, da comunicação móvel mais segura e da impressão e imagem digital de alta qualidade chega a Comdex Brasil 2003, em sua 12ª edição, que se realizará de 19 a 22 de agosto no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

Num espaço de 45 mil metros quadrados, cerca de 450 empresas, como Lexmark, Itautec Philco, D-Link, Impacta, Babylon, Canon, Intermec, entre outras, apresentarão para um público esperado de mais de 100 mil pessoas, várias novidades em sistemas para conexão de rede com várias máquinas a um custo mais compatível com a realidade das pequenas e médias empresas, além de soluções de impressão para comunicação corporativa e imagem digital para consumidores domésticos. “Apesar da retração econômica, nossa expectativa é que a Comdex gere, a partir do segundo semestre deste ano, negócios para a indústria de informática e de telecomunicações avaliados em R$ 2 bilhões”, informa Marcus Faria, diretor-comercial do evento.

No aspecto da conectividade, a principal preocupação dos expositores é realmente mostrar soluções que concorram para diminuir os custos operacionais das empresas. É o caso do telefone IP (Internet Protocol) DPH 100H, um lançamento da D-Link, para comunicação de voz e dados, via internet, entre matriz e filiais de uma empresa, que consegue reduzir o custo das ligações interurbanas ou internacionais em até 80%.

O equipamento é fabricado em Taiwan, importado pela D-Link, e chega para o usuário final ao preço de US$ 550 (cerca de R$ 3 mil). “Para empresas pequenas com vários sites regionais, a possibilidade de economia é grande”, avalia Daniel Kanaoka, diretor comercial da D-Link. “Algumas empresas gastam R$ 2 mil com interurbanos, isso quer dizer que, em dois meses, com a compra desse equipamento, o investimento foi pago”, afirma. Outro lançamento da D-Link na área de conectividade é a linha Wireless Air Xpert ABG 802.11, que permite o envio de dados a 54 Mbps na frequência de banda de 2.4 GHz.

Da nova geração de produtos wireless que invade a Comdex, faz parte o computador de mão 760 da Intermed South America, empresa com faturamento global de US$ 700 milhões em 2002, que opera com subsidiária no país desde 1997. É um equipamento de múltiplas funcionalidades. Oferece três formas de comunicação wireless: as tecnologias GSM (Global System for Mobile communication) ou CDMA (Code-Division Multiple Access), para longa distância, padrão 802.11 para redes locais sem fio – ambas para voz e dados –, e o padrão Bluetooth para comunicação com periféricos a curta distância.

Além de tirar fotos e fazer a leitura de código de barras, o 760 utiliza o sistema operacional Pocket PC e vem equipado com processador Pentium III e o Windows XP. “Nosso alvo são as indústrias e cadeias de varejo que pretendem criar redes sem fios para coleta de dados e automatizar sua força de venda em campo”, conta Luis Eng, gerente de contas da Intermec, que tem entre seus clientes empresas como a General Motors, Coca-Cola e Volkswagen. “A intenção agora é chegar às pequenas e médias empresas”, afirma.

As inovações tecnológicas na área dos microcomputadores consolidam o modelo de ação da maior fabricante mundial de chips, a Intel (que participa da feira, indiretamente, por meio de integradores, distribuidores e OEMs). Um dos seus principais integradores nacionais, a Itautec Philco, por exemplo, leva para o evento como uma de suas principais atrações o InfoWay Business Thin Client, “um equipamento que alia flexibilidade e baixos custos de propriedade”, informa Gabriel Marão, vice-presidente empresa. (segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.