Clicks representam dinheiro para sites de busca na web


04/02/2005

Quando a maior audiência televisiva do ano convergir para o Super Bowl no domingo, os anunciantes estarão gastando um estimado de US$ 2,4 milhões por cada comercial de 30 segundos. Mas tão importante para muitos desses mesmos anunciantes é o US$1,5 ou mais por click de mouse que eles gastam no site de busca do Google, em qualquer hora de qualquer dia, por palavras de texto que ligarão possíveis clientes ao seus web sites.

O fato de que a Eli Lily, Napster, Novartis e Staples estão entre os anunciantes do Super Bowl que são habitués no Google não é a única evidência de que os anúncios na web são a nova moda. Na terça-feira, o Google, a empresa de busca na internet mais popular, anunciou que havia ultrapassado um marco significativo ao vender US$ 1 bilhão em anúncios durantes os três últimos meses de 2004.

Cada dia no Google, centenas de milhares de vezes por hora, os surfistas da web que digitam termos de busca como “papel de impressora” acabam clicando em links pagos para sites como Staples.com – anunciantes que pagam para ter seus nomes aparecendo em listas de texto inofensivas na lateral das páginas de resultados da busca. O anunciante paga somente quando o possível cliente realmente clica no link do anúncio.

“No passado, os anúncios eram difíceis de acompanhar e difíceis de contabilizar”, disse Tim Armstrong, o vice-presidente do Google para vendas de anúncios. “Hoje, as respostas são instantâneas, e anunciar se tornou um diálogo com o consumidor”.

O Google não inventou o conceito de anúncios de busca por palavra-chave, que antecede a fundação da empresa em 1998. E o Google não está sozinho em capitalizar com a tendência de click pago. O Yahoo também está ficando rico, ainda que com recompensas inferiores, e a Microsoft está expandindo sua presença considerável no campo. Pequenas empresas como Ask Jeeves também estão na caçada.

Mas até agora o Google foi a empresa que teve mais sucesso em mesclar ciência computacional, comportamento do consumidor e motivação de vendedor no que, pelo menos agora, é uma máquina de dinheiro considerável. Com um mercado de cerca de US$ 3,8 bilhões no ano passado, de acordo com a Merrill Lynch, a busca por palavra-chave representou mais de 40% do total de US$ 8,7 bilhões em gastos com anúncio na internet no ano passado, e a fatia da busca por palavra-chave do mercado de anúncio na internet está crescendo.

Jonh Markoff e Nat Ives

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.