Cientistas espanhóis querem internet de 40 GB por segundo


16/08/2005

Cientistas da Espanha trabalham em um projeto que poderá, um dia, resultar em uma Web com velocidade de 40 GB por segundo

Pesquisadores da “Universidade Técnica de Valência” já conseguiram, como parte de um projeto chamado LABELS, transmitir dados à absurda velocidade de 20 GB por segundo. Eles estão empenhados no desenvolvimento de uma tecnologia chamada de “óticoeletrônica”, que consiste em multiplicar a transferência de pacotes de dados pela Web, modificando, em diferentes pontos da rede, os comprimentos de onda em que cada um deles são transportados.

Um dos pesquisadores da universidade espanhola envolvido no projeto, José Capmany conta que, teoricamente, a óticoeletrônica poderá desenvolver conexões de até 40 GB por segundo. Para Capmany, o IP (Internet Protocol) obteve sucesso porque é um sistema ideal para o envio de pacotes de informações pela Internet. Com ele, diz o cientista, os internautas não precisam primeiro realizar uma conexão entre eles para depois transmitir as informações, como no caso de, por exemplo, uma ligação telefônica. É por isto que o LABELS trabalha para otimizar (de forma absurda, pelo visto) a troca destes dados pela Web.

Daniel Lisboa

Site relacionado: labels.upv.es

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.