Cientistas anunciam a criação de papel eletrônico


08/05/2003

Cientistas americanos anunciaram a criação de um “papel” eletrônico que pode mostrar textos em preto com um fundo branco acinzentado. O material, que tem a espessura de 3 fios de cabelo humano, apresenta uma resolução similar às telas dos laptops e é tão fino que pode ser dobrado, retorcido e enrolado sem deixar de mostrar os textos nítidamente.

“Creio que é um grande passo. Eliminamos um grande obstáculo na criação de um papel eletrônico”, disse Yu Chen, pesquisador da E Ink Corp., tentando explicar que a nova tela ainda não traduz o sonho de um papel capaz de guardar centenas de páginas de texto, imagens e vídeos.

A E Ink é uma das empresas que trabalham na criação de um papel eletrônico para jornais, livros e até roupas. Chen e seus colaboradores desenvolveram uma tela de 7,6 centímetros de largura, de aço inoxidável coberta por uma capa de circuitos que controlam uma película de tinta eletrônica.

A “tinta”, criada em 1997 por um cientista do Instituto Tecnológico de Massachussetts, é na verdade uma líquido transparente em que partículas pretas e brancas ficam boiando. Quando uma corrente elétrica negativa passa pelos circuitos no fundo da folha, as partículas brancas sobem. Uma corrente positiva faz o mesmo com as petras.

Hoje, as informações chegam ao papel eletrônico por meio de um cabo, mas no futuro, cientistas esperam desenvolver um sistema em que os textos sejam atualizados por um sistema parecido com o dos celulares.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *