Chip IBM quadruplica performance do sistema


18/02/2003

Com a promessa de quadruplicar a performance dos sistemas que utilizavam seu antecessor, a IBM está trazendo ao mercado o processador Power 5. O lançamento é fundamental para os planos futuros da Big Blue, que pretende pressionar as rivais Sun Microsystems e Hewlett-Packard no mercado de servidores Unix, avaliado em US$ 21 bilhões no ano de 2001.

O processador Power 5 é um dos mais importantes componentes desenvolvidos pela IBM em busca da liderança do segmento, ocupada pela Sun apesar das pressões intensas das concorrentes. De acordo com Bill Zeitler, diretor da unidade de servidores da IBM, o Power 5, que estava sendo usado apenas em deep-level machine language programs, deve fazer parte de servidores Linux e AIX – versão de Unix da IBM – nos próximos 30 dias. O Power 5 também será o principal componente do sistema de 64 processadores, a ser lançado pela empresa em 2004.Detalhes sobre o novo processador começaram a chegar em abril de 2002. A Big Blue garante que por meio de uma tecnologia chamada Fast Path, o chip será capaz de realizar diversas tarefas geralmente associadas a softwares, tais como gerenciamento de rede, memória virtual e troca de mensagens entre computadores diferentes. O Power 5 também inclui recursos mais avançados de detecção e correção e deve ser usado tanto em servidores topo de linha como em sistemas low-end.

ItWeb

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.