Chats são as principais fontes de e-mails para spammers No ratings yet.


18/11

Uma investigação conduzida pela Comissão Federal de Comércio (FTC) americana revelou que as salas de chat, bem como os grupos de notícias e páginas da Web, são as principais fontes de endereços de e-mail para os responsáveis pelo spam, ou envio de mensagens não solicitadas.

Na tentativa de determinar quais as atividades na Internet que levam os consumidores a receber spam, a FTC criou 175 endereços de e-mails que foram então publicados em 250 lugares diferentes. Os locais escolhidos incluíram chat rooms, grupos de notícias, páginas da Web, serviços gratuitos de home pages pessoais, quadros de mensagens e diretórios de serviços de e-mail.

De acordo com o relatório, 100% dos endereços de e-mail publicados nas salas de bate-papo receberam spam, com a primeira mensagem não solicitada sendo recebida apenas oito minutos após o endereço ser anunciado no chat.

Cerca de 86% dos endereços de e-mail apresentados em grupos de notícias e páginas da Internet também receberam spam; da mesma forma que 50% dos endereços publicados em home pages pessoais. Além disso, 30% dos e-mails publicados nos quadros de mensagens receberam spam, assim como 9% daqueles divulgados em diretórios de serviços de e-mail.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *