Cartão é meio de democratizar as vendas da internet

05/02/2007

Levantamento recentemente publicado pelo grupo Itaú mostra que os usuários de cartão de crédito são, em sua grande maioria, de alta renda. Na outra ponta, estudo divulgado nesta semana pelo Submarino mostra tendência contrária, pelo menos no uso do plástico exclusivo da rede.

A instituição financeira constatou que a infiltração do meio de pagamento na camada da população que ganha mais que R$ 6 mil chega a 80%, a porcentagem é de 20% entre os que têm renda de R$ 151 a R$ 299.

Já os dados da loja de varejo online mostram que a maioria dos portadores do cartão – especificamente 51% deles – ganham até R$ 2 mil mensais. Vale lembrar que o plástico exclusivo do endereço eletrônico foi lançado há cerca de seis meses.

Crédito
Na avaliação do Submarino, o que ocorre é uma democratização do crédito na internet. “O cartão tem apelo, além dos clientes fiéis, daqueles que sempre gostaram do comércio eletrônico, mas não tinham porta de entrada para comprar”, explicou o diretor-geral do Cartão Submarino, Thiago Picolo.

De acordo com o diretor, 83% das compras realizadas na loja são feitas com cartão de crédito (da loja ou não) – com toda a facilidade de parcelamento, que chega até a 24 vezes. Já quem não possui o plástico precisa comprar com boleto, que exige pagamento à vista. “Com o cartão, juntam a vontade de se inserir no mercado com a possibilidade”, detalhou.

Essa justificativa leva em consideração, além da questão da renda, a idade desses compradores: a grande maioria (70%) tem entre 26 e 35 anos. “É um público com uma renda menor”, detalhou.

“As classes C, D, E, que estão acostumadas a comprar no varejo em forma de crediário, acabam sendo beneficiadas com o cartão”, afirmou Picolo, lembrando que poucos consumidores possuem acesso ao sistema bancário ou ao plástico. “Com isso, eles conseguem parcelar e contrair uma prestação que cabe no bolso”, adicionou. (segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.