Buscas na internet mudam os hábitos de compra online dos europeus

25/01/2008

40% dos compradores online europeus mudou de opinião em relação à marca que iam comprar depois de fazer uma busca na internet por mais informações sobre o produto, segundo revelou um estudo da Asociación Europea de Publicidad Interactiva (EIAA). Os britânicos são mais suscetíveis de serem influenciados pela informação disponível na internet (49%), enquanto que os italianos são os que menos mudam de opinião (27%).

O estudo da EIAA Mediascope Europe 2007 analiza as tendências de consumo dos compradores online europeus.

Mais da metade (59%) dos compradores online mencionou que os sites das marcas muito conhecidas são uma importante fonte de informação para análise de um produto ou serviço. Segundo o estudo, estas informações são consideradas mais úteis (76%) que as recomendações pessoais (72%). 61% dos entrevistados informou que utiliza os sites de comparação de preços como fonte de informação, enquanto que 57% consulta os comentários dos clientes para ajudar na escolha.

Depois de procurarem na internet por um produto, os compradores online espanhóis mudam de marca em maior medida quando se trata de férias ou viajens (43%). Para este tipo de produto a média européia coincide. Entretanto, entre os compradores europeus, o tipo de produto que mais sofreu mudança na hora da compra em decorrência de consultas na internet corresponde aos bens elétricos e eletrônicos (59%).

Com tradução da emarket

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.