Britânicos usam Web em casa para fugir de olho do chefe


23/01/2003

Mais trabalhadores britânicos estão navegando pela Internet em casa para escapar do cerco que seus chefes estão promovendo nos computadores que usam durante o trabalho, afirma uma pesquisa divulgada hoje.

O levantamento feito pelo grupo britânico de eletrônicos Amstrad descobriu que 26% dos entrevistados instalaram acessos à Internet em suas casas para evitar ser monitorados por seus gerentes.

“Os patrões estão começando a perceber quanto tempo seus funcionários gastam com e-mails pessoais e por isso estão combatendo a prática”, disse o diretor comercial da Amstrad, Simon Sugar, em um comunicado.

Quase um terço dos entrevistados afirmaram saber que seus chefes lêem seus e-mails, enquanto 39% por cento afirmaram que podem ser punidos se forem pegos navegando pela Internet fora do horário do almoço.

Apesar dos riscos, os trabalhadores gastam em média duas horas e meia por dia com e-mails pessoais e navegando pela Internet, afirma a pesquisa. A Amstrad informou que 500 pessoas foram entrevistas por telefone na semana passada.(segue)

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *