Brasileiro consulta pela internet e compra na loja

21/04/2010

Duas em cada dez pessoas afirmam que já fizeram negócios pela internet

Marcel Gugoni e Raphael Hakime, do R7

As vendas pela internet crescem a cada ano, com as lojas virtuais comemorando o aumento de 30% no comércio em 2009. Mas o brasileiro gosta mesmo é de comprar na loja do mundo real: apenas duas em cada dez pessoas afirmam que já fizeram negócios pela rede mundial de computadores.

A pesquisa Observador, encomendada pela financeira Cetelem junto à consultoria Ipsos, confirma que o consumidor prefere usar a internet como ferramenta de consulta para sua próxima compra.

O levantamento mostra que uma em cada três pessoas (33%) pretende usar a rede como fonte de informação sobre produtos. Porém, só 18% dizem que compraram ao menos uma vez no mundo virtual.

A empresa de monitoramento de comércio eletrônico e-bit estima que 17,6 milhões de consumidores tenham feito compras pela internet em 2009. O número é 33% maior que no ano anterior. O volume de vendas chegou a R$ 10,6 bilhões.

Alexandre Umberti, diretor de Marketing, Produtos e Inteligência da e-bit, afirma que o comércio online tem crescido nos últimos anos, mesmo que de forma tímida.

– Os números de vendas poderiam ser melhores já que a população adulta chega a 110 milhões de pessoas no Brasil, e elas poderiam estar na internet. Só que temos muitas pessoas abaixo da linha da pobreza. Entretanto, a renda média das classes B e C está melhorando, e é esta faixa da população que deve usar cada vez mais o comércio eletrônico.

Redes sociais
As empresas têm buscado ampliar seu canal de comunicação com o leitor, sem se limitar somente ao site de vendas. O Magazine Luiza abriu um canal no microblog Twitter no qual, além de dar dicas de compras e o modo de usar dos produtos, ainda anuncia descontos e promoções para as compras online.

O Wal-mart também aderiu à redes sociais e criou um sistema de descontos para seus produtos conforme aumentam o número de seguidores no Twitter.

Umberti afirma que a internet “nunca vai matar a loja física, mas vai complementar as vendas”.

– Muito embora a maioria das vendas ocorra no canal offline, a internet é uma ferramenta importantíssima, porque o consumidor pesquisa na rede antes de comprar na loja. Mas temos de reconhecer o inverso também: o consumidor vai até a loja física, encontra e examina o produto, volta para casa, e compra na internet.

 

-> Veja como a emarket pode ajudar a sua empresa a utilizar adequadamente as redes sociais em uma campanha de marketing.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *