Bolsa de Negócios do Sebrae comemora um ano

27/05/2008

A Bolsa de Negócios do Sebrae, que completa um ano, foi comemorada com bolo de chocolate e a platéia convidada a cantar ‘Parabéns para você’. A descontração marcou o ‘Ciclo de Seminários Comércio Eletrônico’, que aconteceu nesta terça-feira (27) na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ).

Criada em maio passado, a Bolsa de Negócios do Sebrae já cadastrou mais de 5,5 mil empresas de todo o País. Esta ferramenta foi concebida para que proprietários de micro e pequenas empresas possam se beneficiar do comércio eletrônico. No espaço virtual, o cruzamento de informações facilita a aproximação entre ofertantes e demandantes.

‘A Bolsa é uma criança saudável que já tomou todas as vacinas’, brincou o gestor nacional da Bolsa, Eraldo Ricardo dos Santos. Ele também destacou que a grande vantagem desta ferramenta é que ela permite ultrapassar todas as barreiras geográficas, permitindo parcerias comerciais que dificilmente poderiam ser feitas sem a ajuda da tecnologia.

‘Esta é uma vitrine dinâmica a custo zero. A única exigência é que os interessados tenham o Cadastro Nacional a Pessoa Jurídica (CNPJ). Estamos preparando mais novidades como avisos sobre licitações públicas, cartão de visita virtual e a exibição de vídeos’, disse Santos que destacou ainda a importância da participação das grandes empresas no papel de demandantes, que pode aumentar significativamente as oportunidades de negócio. Acesso a um Boletim Eletrônico com informações atualizadas também foi citada como uma poderosa ferramenta de atualização para o usuário.

O empresário Osir Zimmermann, da Rosi Administração e Corretagem de Seguros, ficou animado com as possibilidades oferecidas pela Bolsa. "Eu não vendo felicidade. Vou me cadastrar porque isso vai me permitir uma aproximação menos traumática do cliente. Afinal, só falo em possibilidades ruins como incêndios e roubos e isso ninguém gosta de ouvir’" afirmou bem humorado.

O ‘Ciclo de Seminários Comércio Eletrônico’, realizado em parceria com a Câmara-e.net, além das palestras, também promove oficinas de entidades e empresas parceiras. Em 2008, 11 cidades brasileiras vão conhecer os serviços e possibilidades oferecidas pelo Banco do Brasil, Google, UOL, Visanet, Intel e Microsoft, entre outras. Entre os temas, linhas de financiamento, Balcão de Comércio Exterior, meios de pagamento na Internet e criação de lojas virtuais.

Para Marília Gabriela Luz, analista de Comércio Eletrônico dos Correios, patrocinador oficial, o comércio eletrônico permite que o negócio funcione 24 horas durante os sete dias da semana. No entanto, ela ressaltou que as empresas precisam se preparar para participar deste segmento.

"Plano de Marketing, Conhecimento, Tecnologia e Logística são os passos mais importantes para entrar no comércio eletrônico. Este conjunto de informações permite que o empresário identifique as ameaças do ambiente externo e as forças e fraquezas do ambiente interno, identificando pontos como produção visual, propaganda online, melhor forma de pagamento e entrega. Daí, a necessidade de procurar bons parceiros em todas as áreas"’, aconselhou.

 

Site relacionado: www.bolsa.sebrae.com.br

Regina Mamede – Agência Sebrae de Notícias

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.