Banda larga na América Latina ganhará velocidade até 2009


24/09/2004

O mercado de banda larga na América Latina varia muito de país para país, mas ao todo a região apresenta um progresso exponencial no uso do acesso rápido à internet. É o que aponta pesquisa da especializada Pyramid Research.

A banda larga é serviço que deve crescer mais rápido no setor de telecom na região entre 2004 e 2009. Estima-se expansão de 22%, contra 2% das linhas de telefone fixo e 6% de celulares.

Na análise por país, o crescimento deve ultrapassar os 25% no Equador, Venezuela e México – destaca-se o primeiro, no qual o percentual pode chegar a 40%. Ao lado de Bolívia, Panamá, El Salvador e Chile, onde a expansão será de 10%. Os demais países, inclusive Brasil, Argentina, Colômbia e Peru, essa taxa ficará entre 10% e 25%.

O crescimento total para a América Latina deve movimentar mais de 60% do volume total da receita com internet na região até 2009, comparados aos 38% atuais. Os maiores mercados serão Argentina, Brasil, o Chile e México, que juntos reúnem hoje 83% dos usuários na região.

No Brasil, encerrado o primeiro semestre deste ano, Telemar, Telefônica e Brasil Telecom tinham juntas 1,3 milhão de assinantes do serviço por banda larga. Em comparação com os seis primeiros meses de 2003, esse número representa um aumento de 96%, de acordo com levantamento feito pela corretora Fator. (segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.