Aumentam as compras feitas via internet no Brasil

03/04/2007

O brasileiro tem trocado a lotação dos shoppings pela facilidade da internet. Pelo menos é o que mostra pesquisa do instituto Ipsos, feita a pedido da empresa de crédito Cetelem. Em 2006, cerca de 18% dos internautas com renda familiar de R$ 3.819 e renda disponível de R$ 1.000 usaram a rede para comprar.

Em 2005, o percentual era de 16%. O motivo desse crescimento, para 97% dos entrevistados, é a variedade de escolha.

Outras explicações para este processo está na mudança do perfil do consumidor. A Ipsos mostrou que o aumento da renda e o crédito fácil fazem o brasileiro aumentar suas expectativas de consumo.

O Ipsos Public Affairs consultou 1.200 famílias em todo o País no fim de 2006. Do total de entrevistados, 46% responderam que pretendem consumir mais em 2007. Na pesquisa anterior, de dezembro de 2005, para consumo em 2006, esse número era menor – 39%. Os sonhos continuam sendo móveis e eletrodomésticos (37%), mas há maior intenção de gastos com lazer e viagens, computadores e casa própria.

Entre a classe C, cuja renda familiar é de R$ 1.161,88, o desejo de adquirir um computador saltou de 18%, em dezembro de 2005, para 23% no fim de 2006.

A pesquisa mostra que a classe C passou a ter os mesmos objetivos de consumo da classe AB (R$ 2.325,38), inclusive para itens mais caros. “Hoje, o desejo de comprar um computador é praticamente o mesmo entre essas duas classes”, diz Franck Vignard Rosez, diretor da financeira Cetelem, que encomendou o estudo ao instituto.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.