dicas para ecommerce

As principais tendências para o e-commerce em 2020

Sempre em franca evolução, o ambiente de negócios online está na vanguarda da adoção de novas práticas e tecnologias. Neste sentido, a vertical que mais se destacada é a do e-commerce. Dada a forte concorrência e a velocidade das inovações, vende mais na internet que está mais ligado nas tendências e transformações do mercado.

Com a crescente inclusão mercadológica de uma geração que não conhece o que é a vida sem internet, o desafio de estar em dia com os desejos de potenciais consumidores fica ainda maior. A experiência de compra e integração entre diferentes tecnologias e canais de suporte são itens cada vez mais importantes para quem quer ter sucesso nas vendas online.

Considerando os dados de uma pesquisa recente, que aponta que 2020 pode marcar a primeira vez em que o comércio online vai superar a fatia de participação de mercado do comércio físico no Brasil, é importante entender o que o ano trará de novo para o setor. Outras previsões indicam que as vendas online devem dobrar nos próximos cinco anos.

Portanto, estar em dia com as novidades deve se tornar uma cultura dentro do seu negócio. Conheça algumas das principais tendências para o e-commerce em 2020.

tendencias para o ecommerce 2020

Cresce a necessidade de foco no mobile

Dizer que quem quer estar por dentro das tendências do e-commerce 2020 deve ter atenção na experiência do usuário via celular, não é novidade. Acontece que para esse ano, isso será algo de primeira necessidade. Nos últimos anos, as transações comerciais online via smartphone e demais dispositivos móveis superou os 50%.

Portanto, seu e-commerce tem de pensar em caminhos que facilitem o uso nesses dispositivos. Desenvolver um aplicativo próprio para o seu negócio pode sérum passo importante. Estudos indicam que aplicativos convertem 3 vezes mais vendas do que a navegação comum via celular.

Consolidação dos chatbots será realidade no e-commerce em 2020

O bom atendimento pré e pós-vendas é um preceito básico para qualquer tipo de comércio dar certo, seja ele físico ou virtual. Na internet, sobretudo, agilidade é praticamente um sinônimo de qualidade. Nesse sentido, os chatbots vêm ganhando importância na hora de prestar suporte ou resolver problemas simples.

Uma página de perguntas frequentes (FAQ) para questões menos complexas sempre funcionou bem, mas demanda mais tempo do usuário em busca de respostas. Um chatbot bem programado vai acelerar o processo de atendimento, além de gerar uma sensação de acolhimento maior. Para questões mais complexas, o atendimento deve ser escalado para uma pessoa real e preparada.

Integração é a chave para um e-commerce fortalecido em 2020

Quando a base para o impulsionamento das vendas eram os vendedores, a competição entre eles era o principal combustível de um comércio. Hoje as pessoas seguem no centro das melhores práticas de vendas, mas a competição perdeu lugar para a integração. Oferecer diversos canais de atendimento e de efetivação de vendas, ou o que se convenciona chamar de omnichannel, está entre as prioridades para se ter sucesso no e-commerce em 2020. Essa integração deve contemplar, inclusive, o comércio físico com o online, para tornar a experiência de compra ainda mais rica e eficiente.

Eficiência logística deve ser uma obsessão para o e-commerce em 2020

Que um e-commerce possui muito menos despesas do que um comércio físico, todo mundo sabe. O que ainda é uma desvantagem para a maioria dos negócios online é a parte logística. Como no Brasil os Correios detêm uma espécie de monopólio do mercado de entregas, muitos têm dificuldade em otimizar suas entregas de maneira proativa.

O melhor exemplo de como a eficiência logística é decisiva para a experiência de compra online (além de outros pontos, como variedade de oferta e preço competitivo), é a Amazon. É claro que o porte da empresa conta, mas a operação logística da gigante americana é um case de sucesso mundial. Algumas startups de logística estão crescendo, então vale ficar de olho nas soluções mais recentes para melhorar as entregas do seu e-commerce em 2020.

Realidade aumentada como ferramenta de vendas no e-commerce

Confirmando a premissa de que o setor de e-commerce é pioneiro na adoção de novas tecnologias, temos a chegada da realidade aumentada e do IoT (Internet das Coisas) no setor. Ainda na esteira da integração, a IoT cumpre um papel importante, já que as múltiplas etapas do processo de compra agora podem acontecer em diferentes dispositivos integrados. Tudo que gera uma sensação de liberdade no ambiente virtual, costuma cair bem.

Já no campo da realidade aumentada, o melhor é poder experimentar. Já é possível fazer um teste virtual sobre como uma determinada cor de tinta vai ficar na sua parede, como uma roupa vai vestir diferentes tipos de corpos ou como um móvel ou quadro vai compor determinado ambiente. Investir nesse tipo de recurso vai ajudar o consumidor a ter a confiança necessária para fechar negócio com o seu e-commerce.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.