AOL perde terreno em publicidade online


30/07/2003

A divisão online da AOL Time Warner está ficando para trás na recuperação do mercado publicidade online devido a acordos comerciais defasados, questões tecnológicas e aos preços que pratica, afirmam observadores do setor. O conglomerado de mídia anunciou na semana passada um lucro trimestral saudável, mas informou que a receita publicitária em sua divisão America Online caiu 48% no período, e deve cair entre 35% e 45% em 2003 como um todo.

A America Online está tentando recuperar uma imagem abalada, atingida por inquéritos federais sobre a contabilidade de determinados contratos publicitários. Depois de anos de crise, o setor de publicidade na Internet como um todo começa a mostrar sinais de uma virada, com investimentos crescendo entre cinco e 10% este ano, de acordo com projeções do mercado. Algumas empresas de mídia, como o Yahoo, parecem ter sido capazes de aproveitar essa recuperação, e conseguiram lucros mais altos nos trimestres mais recentes.

A America Online afirma que está completando velhos contratos plurianuais de publicidade online que deram errado devido à crise do setor de Internet. O grupo afirma que a receita com novos anúncios online subiu a cerca de US$ 100 milhões no segundo trimestre, ante US$ 70 milhões no mesmo período de 2002. “A America Online está vendo uma recuperação alimentada em parte por receita publicitária relacionada a buscas no Google”, disse Jordan Rohan, analista do SoundView Technology Group. Para a AOL Time Warner como um todo, as receitas trimestrais não se alteraram muito, com bom desempenho das redes de TV a cabo.

Os compradores de mídia e as agências de publicidade na Internet dizem que a America Online ficou para trás em termos de preços e tecnologia em um momento em que a propaganda na Web vêm ganhando importância entre os anunciantes tradicionais. (segue)

Reuters

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.