Americanas.com e Submarino anunciam fusão

23/11/2006

O Submarino e a Lojas Americanas anunciaram hoje (23/11) a assinatura do acordo de fusão. A empresa resultante, denominada B2W Companhia Global do Varejo, será a combinação das forças complementares da Americanas.com e do Submarino, o que possibilita a criação de uma companhia de varejo com alto potencial de crescimento no Brasil e no exterior. O anúncio da operação representa um marco nos sete anos de história das duas companhias. A transação abre espaço, ainda, para perspectivas animadoras para ambas as empresas, uma vez que permite a combinação do conhecimento da Americanas.com em operações de varejo com o foco do Submarino em tecnologia e Internet. A B2W será co-presidida pelos atuais presidentes da Americanas.com, Anna Saicali, e do Submarino, Flávio Jansen.

O objetivo é criar uma importante companhia de varejo no Brasil, capaz de competir com as principais empresas do varejo brasileiro, em um mercado estimado em R$ 200 bilhões, segundo últimos dados do IBGE. A companhia terá sede social em São Paulo e será listada na Bovespa – Novo Mercado, além de números como faturamento bruto nos primeiros nove meses desse ano de R$ 1,6 bilhão (R$ 563 milhões do Submarino e R$ 1,0 bilhão da Americanas.com); EBITDA no mesmo período de R$ 133 milhões (R$ 40 milhões do Submarino e R$ 93 milhões da Americanas.com); além da disponibilidade de aproximadamente R$ 100 milhões, após distribuição extraordinária de R$ 500 milhões aos acionistas do Submarino.

Ambas as administrações têm a expectativa de atingir sinergias significativas como resultado da transação. A perspectiva de ganhos em receita baseia-se na premissa de maior oferta de produtos e serviços aos clientes atuais do Submarino e Americanas.com. Espera-se também que, com a fusão, seja possível o desenvolvimento e crescimento de receitas com serviços, tais como viagens on-line e venda de ingressos. A empresa combinada espera apropriar-se de sinergias com valor presente líquido de aproximadamente R$ 800 milhões.

Espera-se que a fusão seja concluída até 31 de dezembro de 2006, estando ela sujeita à aprovação dos acionistas do Submarino e Americanas.com, bem como à avaliação de agências regulatórias e a outros fatores comuns a este tipo de transação. Até que a operação seja concluída, ambas as empresas seguirão com as operações de forma independente.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.