America Online testa site de busca em telefones celulares No ratings yet.


02/08/2005

A America Online planeja iniciar testes de um novo serviço que permitirá a usuários de telefones celulares realizarem buscas na Internet e seguirem links para páginas normais da Web, as quais serão reformatadas para se enquadrarem às pequenas telas dos aparelhos.

O teste do AOL Mobile Search Services é uma tentativa de ir além do computador, um segmento no qual a posição da America Online como provedor dominante de Internet vem sendo solapada devido à saída de assinantes para operadoras de cabo e de telefonia que oferecem conexões de alta velocidade com a Web.

Mas à medida que a próxima geração de redes sem fio, de velocidade mais elevada, começa a ser instalada em todos os Estados Unidos, os provedores de serviço e tecnologia estão em uma corrida para levar a experiência da computação a outros domínios que não a mesa de trabalho.

A America Online, divisão do conglomerado de mídia Time Warner, fechou acordo para usar tecnologia do grupo israelense InfoGin, especializado em sistemas móveis e produtora de software que formata páginas comuns da Web para dispositivos portáteis, informa a Reuters.

Os usuários podem recorrer ao site diretamente de seus celulares, digitando o endereço (mobile.aolsearch.com). O teste da America Online surge em meio a uma onda de grandes acordos entre fabricantes de celulares, operadoras de telefonia e empresas de Internet. Em junho, o líder entre os serviços de busca na Web, Google, fechou acordo com a divisão de telefonia móvel da Deutsche Telekom, T-Mobile, sob o qual a operadora passará a usar o site de busca como ponto de partida para a navegação pela Internet em seus celulares.

O Yahoo fechou parceria com a fabricante de celulares Motorola para facilitar o acesso a email, notícias, serviços de mensagens instantâneas e buscas de maneira mais fácil em seus celulares mais poderosos. Embora poucos desses serviços tenham impacto sobre o lucro das empresas no curto prazo, um acordo desse tipo pode gerar interesse nos usuários, que atualmente exigem acesso a serviços de informação em muitos lugares e a qualquer hora.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *