Aljazeera.net revela-se uma excelente arma de Marketing


29/04/2003

A cadeia televisiva Al-Jazeera, que se posiciona como a “CNN em língua árabe”, está a ter, através do seu site da internet http://www.aljazeera.net, um sucesso de visitas que o permite colocar como o site em língua árabe mais visitado na internet.

Não desperdiçando a oportunidade comercial, é possível verificar que no seu site, existe uma informação em inglês para os potenciais anunciantes.

No referido tópico, o site Aljazeera.net assegura que é a melhor solução de Marketing para quem quer promover produtos e serviços via internet, junto dos seus fiéis utilizadores espalhados pelo mundo.

Segundo informações que o MktOnline.net obteve junto de fontes da Al-Jazeera, o site tem sido, desde o seu lançamento em Janeiro de 2001, o local em árabe mais visitado da internet, tendo obtido nesse ano, cerca de 265 milhões de páginas visualizadas e 38.4 milhões de visitas.

Dessa forma o site Aljazeera.net, reforçado pelo aumento galopante dos seus utilizadores -representa um valor acrescentado e uma forma única para as empresas que pretendam anunciar os seus produtos e serviços para uma audiência arábica espalhada por todo o mundo e que se liga à internet, afirmando-se como o veículo ideal para campanhas de Marketing.

Refira-se que, apesar de ser vítima constante de ataques de hackers, o website da televisão Al-Jazira está entre os mais procurados da Internet desde que iniciou a guerra no Iraque.

Um responsável do Google – principal site de pesquisas da Internet, afirmou que “al-jazeera” foi o termo que mais cresceu em buscas na semana passada, apesar de
não divulgar os números absolutos de busca por expressão.

Inclusivamente, o portal de busca Lycos informa que a expressão “al-jazeera” e outras variações ortográficas do mesmo nome foi a mais buscada da semana passada, superando em três vezes a busca por “sex” (“sexo”).

A procura do site da Al-Jazira, resultou do facto de ter exibido imagens de soldados americanos mortos ou capturados no Iraque, que cadeias de televisão americanas se recusaram a exibir.

Os Hackers também viraram as suas atenções na Al-Jazira, colocando em baixo o site, bem como desviando o tráfego da página da versão inglesa do website (http://english.aljazeera.net ) para uma página com a bandeira americana.

A responsável editorial da versão em inglês, Joanne Tucker, disse que estão a ser tomadas as medidas necessárias para que o site se torne imune a esse tipo de agressão.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *