Alimentação de dados financeiros via web


07/12/2005

A busca por uma ferramenta que auxiliasse o departamento comercial a obter dados financeiros com extrema facilidade, possibilitando uma visão estratégica e gerencial ao setor, levou a Saneatins (Companhia de Saneamento do Tocantins) a adotar uma solução capaz de integrar eletronicamente todas as operações de acesso e troca de informações com os parceiros, em especial os bancos, em um ambiente totalmente web. Desenvolvido pela AccesStage, empresa pertencente aos Grupos Mitsubishi e INTEC, a solução Apus Client possibilitou uma série de benefícios, como o gerenciamento das informações financeiras.

Nascida a partir do desmembramento da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago), que ocorreu em 1989 com a criação do Estado do Tocantins, a Saneatins é responsável pelo saneamento básico de todo o estado. Em 10 anos o índice de abastecimento saltou de 12% para 80,50%, e em 2003 já chegava a 96% da população urbana do Tocantins. Para acompanhar este crescimento, a companhia percebeu a necessidade de implementar uma tecnologia que agilizasse os processos internos e gerenciasse as informações financeiras, permitindo o abastecimento de informações contábeis em tempo real. Hoje, a Saneatins consegue visualizar as informações banco a banco, consolidado, conta a conta, por tipo de lançamento, entre outras opções.

Antes da implantação, a companhia contava com uma solução de conexão discada, que funcionava via modem. Conforme relata Beatriz Noleto, gerente da divisão de resultados da Saneatins, a infra-estrutura da solução anterior implicava em um alto custo para a empresa, além de tornar o processo demorado e pouco confiável. “A solução de acesso e troca de documentos da AccesStage nos permitiu significativa economia de tempo, uma vez que deixamos de lado tarefas burocráticas, como a utilização de papéis e envelopes para o envio dos documentos. Isto sem considerar a estabilidade e agilidade em solucionar os problemas, uma vez que o feedback tornou-se muito mais rápido”, revela a executiva.

O tempo que a equipe do setor levava para efetuar tarefas operacionais referentes aos pagamentos das mais de 266.472 faturas mensais está agora sendo empregado em funções estratégicas, com o objetivo de contribuir para os resultados da empresa. Beatriz Noleto afirma que certas informações levavam até três horas para estarem disponíveis, tempo que foi totalmente poupado graças à alimentação automática do sistema.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.