Agências, anunciantes e portais levam comercial da TV para web


01/03/2004

A partir de 01/03, e pela primeira vez na história da propaganda brasileira, começam a ser veiculados os primeiros comerciais de TV na Internet.

Um pool formado por grandes agências de publicidade e alguns dos principais anunciantes e portais do país vão testar até o dia 30 de abril a nova tecnologia para inserção de filmes publicitários na Internet, chamada Vídeo Superstitial. Agora, o mesmo comercial de TV poderá passar na Internet, sem adaptações, com a mesma qualidade de som e imagem e ainda recursos adicionais de interatividade próprios da mídia on-line. Com essa tecnologia, todos os usuários recebem o comercial da mesma forma, independentemente do tipo de conexão. Agora, as agências passam a ver a Internet como um perfeito canal de complementação de suas campanhas, pois é o único, além da TV, em que é possível utilizar todos os benefícios do comercial de TV.

O Projeto Vídeo Superstitial reúne as agências Almap, Ogilvy, Age e África e anunciantes como Havaianas, Renault e Itaú. Os comerciais criados para essas marcas passarão simultaneamente na TV e nos portais MSN, Terra, IG, Abril.com, Estadão.com, Vírgula, Fulano e Revistatrip.com, entre outros. O investimento inicial no projeto é de R$ 500 mil.

O Ibope realizará em paralelo a Pesquisa Cross Media Ibope Solution, para comparar o impacto/resposta desses mesmos comerciais, veiculados na TV e na Internet, em quesitos como atratividade, percepção da marca e recall. O estudo fornecerá um amplo raio X da convergência de mídias em campanhas publicitárias.

Vídeo Superstitial: nova dimensão para propaganda on-line

O Vídeo Superstitial, desenvolvido pela empresa Unicast, é superior a qualquer outro formato de propaganda on-line disponível:
* Permite que comerciais com até 30 segundos, de até 2 MB, passem com perfeição na Internet (são 30 frames por segundo, a exemplo do vídeo de TV, contra de 8 a 12 frames das tecnologias broadband/streaming, usadas hoje em mídia on-line).
* Não interfere na navegação do internauta, seja qual for a forma de conexão à Internet, discada ou banda larga.
* Agora a própria fita beta é utilizada para transformar o comercial de TV num Vídeo Superstitial.
* Os Vídeo Superstitial também possuem as seguintes vantagens:
* São comerciais de tela cheia (ocupam 85% do monitor do internauta).
* Só são exibidos após totalmente carregados, sem brancos, e no intervalo das páginas, nunca sobre o conteúdo que o internauta está lendo.
* O internauta possui a liberdade de fechar o comercial, pausá-lo, revê-lo ou tirar o seu som.
* Pode agregar elementos de interatividade, possuindo links ou oferecendo a possibilidade de cadastramento on-line, envio de e-mail etc.

O Projeto Vídeo Superstitial se realizará praticamente ao mesmo tempo que sua versão norte-americana. Lá, em estratégia semelhante, o lançamento da nova tecnologia da Unicast começou em janeiro e reuniu seis anunciantes (AT&T, Warner Brothers, Pepsi, Honda, Vonage e McDonald’s) e oito dos principais veículos on-line (ABC News, About, ESPN, iVillage, Lycos, MSN, Sportsline e UGO). Nos EUA, espera-se que, com o Vídeo Superstitial, os investimentos em mídia on-line cresçam cerca de 30%. A expectativa é a mesma para o Brasil, que ocupa hoje o oitavo lugar do mundo em número de internautas e o primeiro na América Latina. Apesar disso, o veículo Internet ainda responde por apenas 5% do total dos investimentos em publicidade.

Para mais informações:
Roberto Eckersdorff (Country Manager Brasil da Unicast) – 9933 9842 ou vipunicast.com
Arlette Azevedo (assessora de imprensa) – 4503 9949 / 9412 8941 ou arlette.azevedodatamidia.com.br

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.