Agência emarket, de Florianópolis, fecha consultoria de SEO com loja E-clock

Buscando fortalecer imagem e audiência, loja virtual de relógios E-clock contrata agência catarinense para campanha de SEO.

Com mais de 365 mil empresas de varejo e cerca de 680 mil postos de trabalho, o mercado de moda segue como um dos que mais cresce no Brasil. Só em 2017, foram vendidas 6,15 bilhões de peças, com crescimento de 8,8% e movimentação de 192,23 bilhões de reais, com previsões ainda mais positivas para 2018. Além do varejo, outro grande protagonista responsável pelo aumento das vendas do segmento de moda é o comércio eletrônico

A praticidade de comprar e receber os produtos sem precisar sair de casa com apenas alguns cliques tem alavancado uma grande fatia dos lucros da indústria da moda. Em 2017, o faturamento dos e-commerces superou os 59 bilhões de reais, com crescimento de 12% em relação ao ano anterior, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Para 2018, as perspectivas são ainda melhores, com crescimento projetado de R$ 15% e faturamento de 69 bilhões de reais.

Uma das categorias que mais se destacou no setor foram os acessórios, com tíquete médio de R$ 454,40 nas compras online. É o caso da loja virtual de relógios Eclock pertencente ao Grupo Estrela de Ouro, um dos maiores do segmento de vendas de relógios e joias da região Metropolitana do Rio de Janeiro. Há 16 anos no mercado, a empresa vem apostando nas vendas online desde 2011.

“Há quase dez anos já vínhamos avaliando a tendência do mercado varejista e concluímos que essa expansão com um canal de vendas pela internet seria essencial para o nosso grupo. Para isso, desde o início buscamos oferecer relógios femininos e relógios masculinos das principais marcas nacionais e importadas, buscando atingir consumidores de vários estilos, desde mulheres mais ligadas à moda, público esportivo e pessoas com visual moderno e urbano”, conta o Gerente de E-commerce da Eclock, Sandro Feitosa Dias.

O maior desafio das lojas virtuais é exatamente oferecer a maior quantidade de opções de marcas de relógios para atingir diversos públicos, mesmo assim tentando manter uma identidade própria. Para isso, criar uma presença digital marcante e ao mesmo tempo reforçar a imagem com diferentes estratégias de marketing é fundamental para a consolidação da marca e das vendas pela internet.

Marketing digital para empresas de moda começa pelo site

Toda estratégia de marketing digital deve ser completa e integrada para obter sucesso. O primeiro passo, é claro, começa por um site com navegabilidade fácil e prática. Afinal, é nele que o cliente terá as primeiras impressões da empresa, por isso, a importância do site oferecer uma experiência de navegação que permita encontrar produtos com facilidade e conteúdo capaz de esclarecer todas as suas dúvidas. As marcas devem transmitir confiança e credibilidade com um design atraente e, principalmente, responsivo que permita uma boa navegação em dispositivos móveis, o que vai atingir mais de 60% dos usuários conectados hoje em dia.

 

Inbound marketing e SEO

Com a mudança de comportamento dos consumidores, que se tornaram ainda mais informados com o advento da internet e aumento do uso de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, a demanda por informações de qualidade também cresceu. Por isso, uma estratégia de marketing digital completa exige que as empresas ofereçam conteúdos relevantes. Para isso, o setor utiliza técnicas de Inbound Marketing que agregam valor à compra dos produtos através da oferta de conteúdo relevante como e-books ou posts no blog com notícias e dicas do mercado.

Essa é uma das estratégias de marketing digital utilizada pela Eclock, que conta ainda com uma consultoria de SEO para garantir seu posicionamento no Google. O trabalho de otimização do site com técnicas de SEO Link Building, além da produção de matérias e releases relacionados ao setor de moda e produtos a venda no site é desenvolvido pela agência de marketing digital emarket, localizada em Florianópolis.

Segundo Ricardo Prates Morais, diretor da emarket, “tão importante ou mais que que o inbound marketing e as redes sociais, é essencial que as lojas virtuais de moda deem maior atenção a ampliar seu alcance através dos sites de busca, tanto através do SEO como de campanhas de anúncios patrocinados no Google Adwords”. “Por mais que outras mídias acrescentem em uma campanha completa, é no Google principalmente que o lojista vai encontrar o usuário com maior potencial de compra pois ele está procurando pelo produto que deseja comprar. Por isso, o SEO é a principal forma das lojas virtuais garantirem uma audiência qualificada durante muito tempo e com um menor investimento se comparado a outras estratégias”, reforça o especialista.

Geração de leads e email marketing

Uma forma inteligente de se posicionar diante de clientes cada vez mais informados e dinâmicos hoje é por meio do Inbound Marketing. A lógica dessa estratégia é “educar” os consumidores em relação às soluções oferecidas pelas empresas, direcionando-os à compra e conquistando autoridade ao oferecer informações relevantes, o que constrói relacionamento e gera cada vez mais leads para as marcas de moda.

Mídias sociais

Para empresas do setor de moda, o uso de mídias sociais é essencial para a divulgação e venda dos produtos porque garantem alto alcance de usuários que poderão descobrir e vivenciar o estilo de cada marca.

Com uma definição de público bem estruturada e personas definidas, é possível fazer a diferença nas redes sociais. Geralmente, as empresas do setor de moda postam entre duas a cinco vezes por dia, utilizando mídias diversas como Facebook, Instagram, Youtube e Pinterest.

Postagens de valor mais conceitual ajudam as empresas a se consolidarem no mercado, e isso pode ser feito alinhando a identidade visual da marca, com imagens fotografadas, modelos, cenários e frases que expressem o que a persona deseja.

Entender o consumidor, criar embaixadores e gerar engajamento são as maiores funções das redes sociais. O uso de enquetes no stories do Instagram, hashtags criativas e parcerias com influenciadores digitais também têm sido grandes aliados das empresas de moda. Para um setor que movimenta quase R$ 10 bilhões em salários em todo País, tudo indica que o marketing digital do segmento veio para fortalecer ainda mais um setor que continua em franco crescimento em 2018.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.