A Publicidade Online veio para ficar


Dados mais recentos informam que os investimentos em publicidade online aumentam significativamente no Brasil e no mundo. A veiculação de publicidade na internet brasileira atingiu R$ 70,3 milhões nos primeiros quatro meses de 2005, um crescimento de 16,5%, segundo informou o Meio e Mensagem ainda esta semana. No ano passado, a participação da internet no bolo publicitário brasileiro foi de R$ 23 bilhões, mas setor espera crescer entre 20% e 30% até o final deste ano. Nos Estados Unidos, a propaganda na rede movimentou mais de US$ 2,8 bilhões no primeiro trimestre de 2005, 26% a mais do que o mesmo período do ano passado.

Além disso, o Brasil foi o país mais premiado na categoria Internet no 52º Festival Internacional de Publicidade de Cannes. Foram 22 Leões – três de Ouro, cinco de Prata e 14 de Bronze – e um Grand Prix. Os pontos somados em publicidade online levaram a DM9DDB a ser eleita Agência Interativa do Ano. Isso vem mostrar que também as agências de publicidade descobrem a internet. Ora, vejam só! Demorou! Mas parece que, também no Brasil, anunciantes e agências passam a dar mais atenção à internet como importante formato publicitário.

Na Europa e nos EUA, grandes e pequenas empresas, assim como mini empresas e profissionais autônomos, há muito já descobriram esse filão e se utilizam da internet como forma de divulgar negócios, produtos e serviços, indo além de outras utilidades mais afirmadas da internet, como lazer e informação. A busca de conhecimento através da web foi um dos principais componentes que serviram como faísca no “fogo” da que iniciou modesto, mas que agora começa a tomar dimensões de um grande “incêndio”. E se firmou tanto que grandes jornais começam a reconsiderar formatos e valores para investimento em publicidade tanto nos impressoes como nas versões online. Estudos já são feitos para mostrar como potencializar a publicidade em textos online. O Media Post informou recentemente que um estudo mostrou que se o intesse maior dos anunciantes de jornais online, devem veicular suas peças no meio dos textos. Se querem fortalecer imagem, devem escolher o início das matérias.

Já há algum tempo também, a utilização da internet como entretenimento atinge números impressionantes. Games online, comunidades de relacionamento, música, cinema e turismo são alguns dos principais interesses dos internautas que buscam lazer na web. Os jovens de idade entre 12 e 30 anos passam a figurar como um grande target a ser conquistado pelas empresas que mais utilizam a internet. E o mercado já começa a visualizar novos formatos que vão muito além dos banners.

Como reflexo disso, os anunciantes estão mais conscientes do papel da internet na comunicação e passaram a conhecer melhor o meio depois de se tornarem usuários assíduos em busca de informação e diversão. As empresas e também as agências passaram a ver a internet como importante canal de interatividade e parte integrante da comunicação. E agora passam a buscar também resultados comerciais.

Ricardo Prates Morais é consultor em marketing e publicidade online da agência emarket e editor da emarket News.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.