A experiência positiva do internauta levada em conta


16/10/2005

A discussão entre usabilidade e design existe desde os tempos remotos da internet. A disputa a respeito do que é mais importante na criação de um site vem sendo travada entre designers e marketeiros, desde o início da internet comercial no Brasil, há dez anos. O que é mais importante a ser considerado na concepção de um site? A beleza ou a praticidade? O aspecto comercial ou o estético?

De um lado, o designer defende a opinião de que tudo vale a pena para criar o site mais bonito e incrível, cheio de efeitos, imagens e movimento. Por outro lado, o pessoal do marketing, buscando manter o foco nos resultados, prioriza as idéias voltadas à praticidade e conquista de objetivos.

Apesar de entender que ambas correntes têm suas razões e que estabelecer um equilíbrio entre as duas correntes é o mais indicado, entendo que de nada serve um site ultra moderno e com um layout chocante, se o resultado comercial ficar comprometido. E qual é o objetivo principal das empresas, de uma forma geral, ao lançar um site?

Responda você mesmo.

Se levarmos em conta as características da internet como meio de comunicação, os costumes dos internautas, as exigências do mercado e a necessidade de resultados, concluímos que é preciso considerar tudo que contribuir para gerar mais e melhores reflexos nos usuários do site.

Mais do que um belo site, uma empresa precisa de uma ferramenta de negócios capaz de transformar clientes potenciais em clientes. Por isso, minha opinião é de que a usabilidade é o principal aspecto a ser levado em conta no momento de planejar e criar um web site. A experiência positiva do usuário ao navegar e buscar informações no site é tão imprescindível quanto o próprio conteúdo. Uma interface útil e prazerosa para o visitante inclui estilos consagrados como a logo no parte superior, o menu vertical à esquerda ou horizontal na parte superior da página, disponibilizar as principais informações em 2 ou 3 parágrafos com pequenos espaços entre eles, dando fôlego ao leitor, não sobrecarregar com imagens que vão deixar o site pesado aumentando o tempo de carregamento, sistemas interativos de navegação e pesquisa no site, etc.

A porta de entrada da uma empresa ou do seu site deve ser atrativa, porém de nada adianta isso, se o visitante venha a se perder logo depois que entrar, ou não encontrar o que está buscando. Facilitar a experiência do usuário é imprescindível para criar as condições necessárias para que os objetivos planejados quando do planejamento do site, sejam obtidos.

O conteúdo também é importante para causar uma impressão positiva. Conforme cresce a a necessidade do internauta, o mesmo deve ocorrer com a qualidade do conteúdo de um site. Por isso se torna necessário planejar cuidadosamente a produção e o gerenciamento de conteúdo em sites que se propõem a oferecer informação de qualidade. Oferecer um conteúdo apropriado e atualizado regularmente aos visitantes é fator preponderante a ser levado em conta no planejamento do site. Afinal, se a internet é a tecnologia da informação, o que é que os internautas buscam na internet?

Hoje, o usuário de internet não espera mais que uma empresa ofereça apenas produtos e serviços para aquisição. Não na internet. Os clientes têm necessidades e esperam que sejam atendidas. Eles querem informações, dicas, opiniões, esclarecimentos. E isso tudo será transformado em razões que vão motivar a compra.

Portanto, tomar os cuidados necessários para o encantamento do visitante (layout do site), atender suas necessidades (informação/conteúdo) e fazer da sua visita no site, uma experiência agradável e positiva (navegação, páginas leves, sistema de busca), são alguns fatores que levamos em conta quando no planejamento de um projeto web. O layout e a tecnologia a ser empregada devem ser definidos também em função desses objetivos.

Quer um exemplo prático?
Aparecer bem posicionado nos sites de busca é imprescindível para a empresa que aposta na internet para conquistar novos clientes, certo?Sites desenvolvidos com a tecnologia flash têm dificuldade para conquistar posições de destaque nos mecanismos de busca. Também não são todos sistemas dinâmicos de conteúdo que geram páginas otimizadas para os sites de busca. E não aparecer nos buscadores é extremamente prejudicial, principalmente para sites de empresas médias e pequenas que apostam na internet como uma ferramenta de negócios. Ou então, vai ser preciso investir mais em outros formatos de publicidade, o que vai aumentar muito os custos.

Equilíbrio é a palavra-chave. Utilizar a tecnologia, a criação estética e os conceitos comerciais de forma equilibrada para garantir a satisfação dos seus usuários, proporcionando que o site se torne uma ferramenta completa de comunicação, marketing e negócios. Esse é um dos segredos do sucesso na internet.

Ricardo Prates Morais é editor da emarket News e consultor da emarket (www.emarket.ppg.br), agência de marketing e publicidade online.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *