60% das empresas terão comunidades online No ratings yet.

10/10/2008     

Para fazer novos negócios com a crescente "geração virtual", as empresas terão de oferecer, ou então conectar-se, a aplicações sociais para atrair clientes com informações sobre o que precisam para conduzi-los em direção a produtos e serviços. A análise é do Gartner, fornecedor de pesquisa e aconselhamento sobre tecnologia. Em 2010, mais de 60% das empresas do ranking Fortune 1000, que já têm um website, estará conectada de alguma forma a comunidades online, como forma de relacionamento com os clientes.

"Um benefício-chave da criação de uma comunidade é a quantidade de informações que uma organização pode obter sobre sua base de clientes, que podem ser utilizadas a curto e longo prazo como relacionamento com os mesmos", afirma Adam Sarner, analista principal do Gartner. "Os dados podem ser obtidos e usados para o desenvolvimento de produtos, feedback de clientes, fidelização, gestão, segmentação de cliente, campanhas e a satisfação dos consumidores ou de colaboradores. Esta riqueza de informações pode ser utilizada de forma comercial ou individual", completa.

No entanto, formar uma comunidade online não é uma iniciativa livre de desafios. O Gartner prevê que, até 2010, mais de 50% das empresas que tiverem uma comunidade online vão deixar de focar em cliente e empresa, deixando de investir nesses dois valores. Para acabar com este problema, as organizações terão novas competências para atender às necessidades do consumidor 2.0.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *